O curioso caso da mulher das pernas gigantes

A inglesa Mandy Sellars amputou uma das pernas na esperança de diminuir o sofrimento, mas o coto voltou a crescer.

Lázaro Britto

Em meados de agosto o Blog Passo Firme publicou uma matéria extraída do site 24 Horas News sobre o estranho caso das pernas gigantes de Mandy Sellars (foto), uma mulher inglesa de 36 anos que sofre de Síndrome de Proteus, uma doença congênita extremamente rara que causa crescimento exagerado da pele devido a má-formação cutânea e subcutânea. Em Mandy a síndrome faz com que suas pernas e pés não parem de crescer. A matéria instigou a curiosidade dos leitores e se tornou uma das mais acessados no blog desde então, o que me estimulou a pesquisar mais sobre a história de vida desta mulher e sua curiosa enfermidade.

Em janeiro de 2010, Mandy teve a perna esquerda amputada, em razão de seguidas infecções no local. “O peso da minha perna estava aumentando muito rapidamente e isso estava causando infecção após a infecção e que estava ficando muito difícil de andar”, afirmou em entrevista ao site inglês Mirror. A operação durou seis horas e meia e ela teve que ficar no hospital por cinco meses, mas trouxe alívio e esperança para a inglesa, mas devido a síndrome, a perna amputada voltou a crescer.

“Eu pensei que a vida seria melhor sem a perna, e é por isso que eu a tinha removido”, desabafou Mandy. O coto simplesmente fica cada vez maior. Segundo a própria Mandy, a última vez que foi medido, o coto tinha um metro de circunferência e a cada mês ele cresce mais. Mandy chegou a ser submetida a uma lipoaspiração no membro amputado, mas parece que o procedimento apenas estimulou o crescimento. “Ainda assim continuo otimista”, afirmou a inglesa.

Atualmente o caso das pernas gigantes que não param de crescer está sendo investigado por uma equipe médica da Universidade de Cambridge, na Inglaterra. Os médicos esperam descobrir exatamente qual a condição de Mandy e planejar de forma mais precisa o tratamento que vai deter o crescimento das pernas.

SÍNDROME DE PROTEUS – Trata-se do aparecimento de uma grande quantidade de malformações cutâneas e subcutâneas, com hiperpigmentação, malformações vasculares e crescimento irregular dos ossos e da pele. Como conseqüência, produz o gigantismo parcial dos membros ou o crescimento excessivo de partes do corpo, enquanto outras crescem menos do que deveriam. Tudo isto provoca uma desfiguração extrema da pessoa que costuma ser socialmente estigmatizada e excluída.

É uma doença extremamente rara: se descreveram cerca de 200 casos em todo mundo desde que a doença foi oficialmente descoberta em 1979. Por causa dessa raridade, não há muitos estudos na área atualmente, e quase todos os acontecimentos, praticamente, não têm solução. A boa notícia – se é que ela existe neste caso – é que a pessoa que sofre de Síndrome de Proteus tem função e capacidade mental normal.

Joseph Merrick (foto), “o Homem Elefante” é provavelmente o caso mais famoso desta síndrome. Ele vivou na Inglaterra no final do século XXI e tornou famoso devido às terríveis deformações por todo o corpo. Ainda na adolescência Joseph foi expulso de casa, passando a viver nas ruas. Para sobreviver foi vendedor ambulante de livros, mas devido a sua aparência nada conseguia vender e acabou em um circo de aberrações em Londres.

Em uma de suas exibições, Merrick foi descoberto pelo médico Frederick Treves, que o hospedou no Hospital Real de Londres para ser estudado e tratado. Foi nesse período de internação que ele recuperou sua dignidade, mostrando-se um homem culto, inteligente e de caráter dócil, qualidades que se sobressairam à sua aparência. O seu drama sensibilizou até a coroa britânica, que pediu que ele fosse amparado no hospital para sempre, apesar de se tratar de um caso incurável.

Joseph Merrick morreu em Londres aos 27 anos devido ao crescimento de seu crânio, que foi sumariamente esmagando seu cérebro. Somente em 1996 – imagine – após exames em seu esqueleto, sua doença foi diagnosticada como um caso grave de neurofibromatose múltipla, chamada de Síndrome de Proteus.

Para que se interessou pela história, existe um filme, premiadíssimo – O Homem Elefante – de 1980, dirigido por David Lynch e estrelado por Anthony Hopkins, John Hurt (Merrick), Anne Bancroft e John Gielgud. Veja uma cena do filme abaixo:

(Com informações dos sites Mirror, Mandy Sellars e 24 Horas News)

Passo Firme – 22.09.2011
Vote no Blog Passo Firme para o TopBlog 2011

Anúncios

7 comentários em “O curioso caso da mulher das pernas gigantes

  1. Estimado Lazaro, excelente texto. Não consegui votar em favor do Passo Firme. Deixo a sugestão para que assista o filme Venus Negra, no cinema do Pelourinho. Abraço forte, Luis Guilherme

    Curtir

  2. È muito interesamte a pessoa,com qualquer deficiência sò precisar ser aceita,como ela é.As resposta vem na sequência,que ela sente que as pessoas não tem medo de se comunicar.

    Curtir

Obrigado por sua colaboração ao #PassoFirme!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s