Jiu Jitsu brasileiro motiva sargento amputado dos EUA

O Jiu Jitsu brasileiro não é apenas uma arte marcial típica. Ele combina wrestling e manipulação articular, e aqueles que a praticam dizem que o tamanho não supera a técnica. Mas Tyler Anderson (veja o vídeo) não é também um típico praticante de artes marciais. Para o sargento do Exército dos EUA e amputado recente, aprender esta nova habilidade é apenas um dos muitos desafios de sua vida.

Tyler perdeu parte de sua perna em sua segunda missão no Afeganistão, quando pisou em uma mina e ficou sem parte da perna. O sargento falou que o Jiu-Jitsu ajuda ele a se manter concentrado, falou também que sente um grande receio de não poder fazer as coisas que ele fazia antes do acidente.

Foi então que surgiu pela porta do quarto do hospital, Luis Pantoja, faixa preta, instrutor do Yamazaki Team e do centro de reabilitação Walter Reed, em Washington, e chamou o sargento para ter aulas de Jiu-Jitsu.

No Centro de Reabilitação Walter Reed, o faixa preta dá aulas para soldados americanos que tiveram algum tipo de deficiência e fala da experiência de poder ajudar os ex-soldados amputados. Luis Pantoja disse: “Na verdade eu aprendo muito mais com eles do que eles comigo. O mais legal é ver eles se readaptando aos movimentos à partir de agora e falou também que essa experiência o ajudou a ser um professor melhor”, afirmou.

Fonte: MMA Rio

Passo Firme – 07.04.2012
Curta e compartilhe a página do Blog Passo Firme no Facebook!

Anúncios

Um comentário em “Jiu Jitsu brasileiro motiva sargento amputado dos EUA

Obrigado por sua colaboração ao #PassoFirme!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s