Diretora de escola é culpada por amputação em aluna no DF

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) considerou a diretora da Escola Classe 57 culpada pelo crime de lesão corporal culposa. Em abril, uma menina de nove anos ficou com um dedo preso num buraco de ferragem de um “gira gira” (foto). Depois de duas horas a criança foi socorrida pelo Samu, mas teve que passar por uma cirurgia e amputar parte do dedo.

Por enquanto, a diretora não será denunciada pelo MPDFT, mas o titular da 1ª Promotoria de Justiça Especial Criminal de Ceilândia, Thiago Pierobom de Ávila, pediu uma audiência de conciliação com a mãe da vítima. O promotor encaminhou ao juiz do Juizado Especial Criminal daquela circunscrição, no último dia 20, a opinio delicti (quando são analisadas provas externas, como as produzidas em um inquérito policial) depois de analisar a investigação realizada.

Se não houver um acordo durante a audiência, o Ministério Público poderá oferecer uma proposta de transação penal, que seria a prestação de serviços à comunidade ou pecuniária. Caso a diretora não aceite a proposta de transação, o Ministério Público poderá oferecer a denúncia

Fonte: Brasília 247 (Com informações do MPDFT)

Passo Firme – 25.07.2012
Vote no Blog Passo Firme para o TopBlog 2012!

Anúncios

Um comentário em “Diretora de escola é culpada por amputação em aluna no DF

Obrigado por sua colaboração ao #PassoFirme!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s