Quem segura esse cara?

Pela primeira vez, velocista amputado de duas pernas disputa uma olimpíada com atletas aptos com auxílios de próteses. Será esse o futuro do esporte?

A largada das provas eliminatórias dos 400 metros (uma volta inteira na pista) tem tudo para ser um daqueles momentos mágicos, inesquecíveis, que só uma Olimpíada é capaz de produzir. Quem fará o tempo congelar nas arquibancadas do Estádio Olímpico será o sul-africano Oscar Pistorius (foto), de 25 anos, o primeiro biamputado convocado para uma competição olímpica em 116 anos de história dos Jogos.

Sem a metade das duas pernas desde os 11 meses, devido a uma má-formação óssea, Pistorius correrá ao lado de atletas fisicamente aptos, com ajuda das próteses Cheetah, feitas de fibra de carbono, que usa desde 2004. Ele também vai participar do revezamento 4×400 metros.

A incluisão de Pistotius no time sul-africano deve-se aos resultados alcançados por ele recentemente. No ano passado, durante a prova classificatória para o campeonato mundial, disputada por não deficientes, Pistorius correu 400 metros em 45,07 segundos – 1,58 segundo atrás do recorde olímpico da categoria. É uma distância imensa, e dificilmente ele alcançará a final. Veja no infográfico (imagem) acima quem leva vantagem nesta batalha homem x máquina.

A convocação de Pistorius é controversa. Em janeiro de 2008, a Federação de Atletismo negou sua participação nas provas de Pequim por considerar suas próteses uma vantagem. Elas ajudariam a manter a velocidade e fariam o atleta gastar 25% menos energia do que os outros corredores. Munido de estudos clínicos que concluíram o contrário (veja o infográfico abaixo) – ele estaria em desvantagem –, Pistorius recorreu da decisão, revogada posteriormente.

A despeito das divergências, a importância da participação de Oscar Pistorius nos Jogos Olímpicos de Londres é inquestionável. Competir com atletas totalmente capacitados torna Pistorius um símbolo da superação de deficiências. Também faz dele o pioneiro do que pode ser uma nova era olímpica, na qual o aperfeiçoamento atlético incluirá o uso de próteses e outros aparatos tecnológicos.

Fonte: Veja Especial Olimpíadas

Leia também:

Pistorius correrá sem restrições nos Jogos Olímpicos de Londres
“Pistorius não é o primeiro amputado em Olimpíadas”, diz jornal italiano
E quem ousou dizer que ele não iria?

Passo Firme – 31.07.2012
Vote no Blog Passo Firme para o TopBlog 2012!

Anúncios

2 comentários em “Quem segura esse cara?

Obrigado por sua colaboração ao #PassoFirme!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s