“Uma verdadeira drenagem linfática…”

Creio que posso definir desta forma o que aconteceu com o meu coto após nove meses de protetização. Em consequência da redução de medidas, entre os últimos dias 22 e 24 deste mês estive novamente no Centro Marian Weiss (CMW), em São Paulo, para confecção de outro encaixe de prova, o terceiro desde que iniciei o processo de reabilitação com prótese, em novembro do ano passado. O último encaixe foi feito em fevereiro, quando se mexeu no alinhamento e eixo de gravidade da prótese.

Desta vez a principal surpresa foi a substituição do liner Seal-In (foto) – um revestimento em polímero/silicone utilizado no coto sob o encaixe – por outro três números menor: usava um liner tipo cônico tamanho 36 e, após medidas feitas pelo ortoprotesista do CMW, Rodrigo Moura, chegou-se à conclusão de que o mais indicado seria a troca do liner por outro tamanho 28. As principais reduções ocorreram na ponta e no meio do coto, o que inviabilizou a substituição por liners em tamanho 32 ou 30, conforme inicialmente previsto.

Minhas principais queixas em relação à protetização ainda referem-se à insistente atrofia do coto, chegando a ficar flácido devido à perda de massa muscular, e à antiga sensação de instabilidade quanto à fixação da prótese. Apesar de não ter folgado a ponto de soltar do coto, o encaixe voltou a rodar para trás quando caminhava, chegando a marcar sob a roupa, ficando visivelmente perceptível. Além disso, assim como aconteceu com o primeiro soquete, o segundo também passou a abrir na região do fêmur, me jogando para fora. O eixo do joelho foi novamente perdido. Sequelas normais de toda folga de encaixe, acredito.

No decorrer de todo o processo de protetização reconheço minha parcela de culpa em algumas das dificuldades enfrentadas. Na medida em que o tempo foi passando, deixei de praticar diversos exercícios e atividades recomendados pela fisioterapeuta Mônica Yamaoka para o fortalecimento muscular do coto, abdome e o condicionamento físico de forma geral. O pilates e o treino funcional sequer foram iniciados, confesso. A única atividade que conseguir manter foi a musculação, porém com raros exercícios voltados especificamente para o coto. Tudo isso, aliado à falta de pressão por conta da folga no liner e no encaixe, colaborou para a perda de musculatura.

Além da confecção do novo encaixe, o alinhamento foi novamente ajustado a fim de corrigir o eixo de gravidade da prótese. Agora é hora de testar as mudanças efetuadas e reaprender a andar, pois pelo menos para mim cada alteração feita equivale a um recomeço. É desafiador, mas faz parte do processo.

Veja abaixo dois vídeos que mostram os testes iniciais e finais de deambulação com o terceiro encaixe de prova:

Leia também:

De encaixe novo…
Como lidar com a folga no encaixe
Quando o encaixe começa folgar antes do previsto

Passo Firme – 27.08.2012
Vote no Blog Passo Firme para o TopBlog 2012!

Anúncios

4 comentários em ““Uma verdadeira drenagem linfática…”

  1. Creio que posso definir desta forma o que aconteceu com o meu coto após nove meses de protetização. Em consequência da redução de medidas, entre os últimos dias 22 e 24 deste mês estive novamente no Centro Marian Weiss (CMW), em São Paulo, para confecção de outro encaixe de prova, o terceiro desde que iniciei o processo de reabilitação com prótese, em novembro do ano passado. O último encaixe foi feito em fevereiro, quando se mexeu no alinhamento e eixo de gravidade da prótese.Infelizmente quando se consegue uma protese pelo inss,os caras parece que nao admitem que o encaixe necessita de muito tempo para que seja feito o definitivo.Me deixaram só 40 dias com o provisorio e fizeram o definitivo via provisorio enviado pra eles pelo correio e pasmem,com aval do medico responsavel do inss! Resultado: Ficou uma M
    E ainda falam em reabilitaçao? reabilitaçao do inss significa dar a protese mal feita e te vira otario

    Curtir

    1. Particular não muda muito!! Fiz a minha fará um ano semana que vem, encaixe definitivo em 90 dias,achei muito pouco tempo, mas o protetista não sou eu né… Liner ja rasgou na base. Sem garantia. R$ 2,450 um novo…protese de 25.000…tu ta loko…

      Curtir

Obrigado por sua colaboração ao #PassoFirme!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s